Escarros

A minha primeira poesia vanguardista foi chamada inicialmente de “Convite ao Surrealismo” e a escrevi após assistir ao filme “O Cão Andaluz” de Buñuel. Eu ainda não conhecia nenhuma técnica dessa vanguarda e produzi essa poesia em menos de um minuto. Eu fiquei realmente satisfeito com o resultado e enviei para a professora de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem, Célia Maria, para ela me dizer a opinião dela. Ela gostou, fez verificações que eu não havia percebido e ainda sugeriu a modificação do título. Rapidamente pensei em “Escarro Primaveral”.

Eu estava enfarado com as poesias morosas e água com açúcar que são publicados no jornal A Tribuna e decidi escandalizar toda a sociedade rondonopolitana. Essa poesia além de surrealista, é também punk. A princípio, a minha intenção (ingênua) era de escrever poesias marginais e surrealistas. Eu desconfio de misturas artísticas, penso que nesse caso a mistura dissolva a estética. Através disso, comecei a estudar intensamente as poesias (escritas, pictóricas ou cinematográficas) do Ciro Pessoa, André Breton, Salvador Dalí, Magritte e Buñuel. Conheci técnicas interessantes e métodos poéticos delirantes.

Divulgo minhas poesias no Recanto das Letras e algumas foram publicadas no jornal A Tribuna. Recentemente a “Estação Persistente” foi publicada no jornal Zero Hora. Eu escrevo deitado, na maioria das vezes durante a madrugada. Algumas poesias me deixaram tão feliz com o resultado que me deram insônia. Há poesias que eu escrevi em estado de embriaguez e eu costumo ironizar dizendo que as minhas poesias são tão desconcertantes, que ninguém consegue adivinhar qual eu escrevi bêbado e qual eu escrevi perto de dormir. O surrealismo é a base dos meus poemas, não tenho objetos fixos. Um rosto lindo sempre proporciona belas poesias.

Link para ler a poesia:

Escarro Primaveral

Anúncios

Um pensamento sobre “Escarros

  1. Olá Rodrigo, obrigada pela visita, fico contente que tenha gostado, o meu blog uma Rosa Azul são apenas textos meus de histórias futuramente publicada…;)
    Gostei do seu blog, suas obervações e pequenas poesias eu não sei escreve-las tão bem rsrs…
    Estou seguindo agora…
    Até!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s