Um suspiro.

Esse mirrado século XXI me causa espanto e preocupação! Tudo vago, extremo, rápido, comercial e conflituoso. Tudo se perdeu… Conflitos sensacionalistas e desnecessários no Facebook. Discursos levianos de todas as partes. Bandeiras levantadas de modo opressoras e sufocantes. Moralismos que escondem violências por trás de imagens com falsos pressupostos sociais. Música feita de qualquer jeito. Artistas estragando hinos clássicos. Eventos culturais segregadores. Intensas desvalorizações culturais. Sarau fútil apenas para ganhar dinheiro. Sociedade cada dia mais racional e inóspita. Pessoas muito iguais, sempre voltados ao consumo. A contracultura sendo extinta, hoje só há burgueses fingindo ser diferente. A lista de desconforto é enorme e como estamos no período de Fast-Food, a leitura deve ser breve também.

Salvador-Dali-3

.

* Solstício ao Luar é o real. Eu sou a representação.

* Essa semana eu peguei na biblioteca, o livro “Magia e Técnica, Arte e Política” de Walter Benjamin. Abri o livro para ler e me deparei com o capítulo “O Surrealismo. O último instantâneo da inteligência européia”.

 

Esse poema de Mielmiczuk é muito lindo! Lembrem-se desse nome: Paulo Mielmiczuk, pois esse será um grande representante de nossa literatura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s