Prólogo

Resolvi publicar alguns textos que eu escrevi em 2013. Estavam guardados dentro de uma garrafa lá no hemisfério norte. Tive que resgatá-los, pois parecia que a corda iria ser esticada se o café não fosse consumido o mais rápido possível. É necessário deixar muito claro que os peixes comem na lama e os porcos nadam nos rios. Alguns preferem os mares, um dos grandes momentos do egocentrismo consumista. Oh, sombras de ilusões, sobretudo você que nada faz e só reclama. São quatro textos… Sim, quatro textos! Não importa as escadas ou os andares da fantasia. Não importa se o A vem antes do B. O ponto nodal do pensamento reluz um corpo. Tanto tempo se passaram e retornarão de maneira vertiginosa. Estava impecável! Eu me lembro bem… Cliquem, antes que uma pedra de gelo apareçam:

Universo

Lembranças (II)

Cosmos

A Dança

.

fernando lemos

Anúncios