VISÕES: a ilustração

O “VISÕES”, como o próprio título sugere, é um livro para ser lido, declamado e ser visto. As poesias pictóricas de Israel Carlini também contribuíram para esse efeito. Os desenhos ficaram todos muito lindos e possuem um mistério que vale a pena ser absorvido pela imagem. Divulgo a primeira ilustração e convido a todos para participarem do lançamento dia 09 de julho às 19 horas no Espaço Cultural do SESC Rondonópolis.
.
.
.

Anúncios

VISÕES: três poemas

Os três poemas abaixo fazem parte do meu segundo livro, o VISÕES. Todos estão convidados para participar do lançamento, será no Espaço Cultural do SESC Rondonópolis, no dia 09 de julho às 19 horas.

21

Ao som de Jim Morrison

Via teus olhos fechados

enquanto a minha boca tremia

ao encontro de seu coração

 

Um furacão de imagens multicoloridas

para testemunharem a beleza de teus lábios

 

Os mais belos sorrisos fitam os olhos

carregam a libido daqueles cabelos

que instigam-me a beijar todas as dobras do corpo

e lambuzar-me nas riquezas de tuas genitálias

17

Foi na alvorada que a voz me trouxe o teu sorriso

o clarão dos timbres onde a presença

afaga a pele e descansa as dores

.

Sei da lamentação ao fitar a janela

tua alma tem a nitidez de um buquê de rosas

a mesma que oferece às constelações de amores

para ser sentida o teu perfume nos alvos símbolos

da natureza e do renascimento de teu sonho

1

 

Sonhei que escrevia um poema

e nos versos desenhava o arrebol

dentro de mim cresciam castelos

dentro de mim nasciam árvores

na ponta do meu corpo brotavam confusões

ao norte eram apenas os segredos

de uma noite ilusória.

 

Imaginei Macário a declamar os meus delírios

em cada descompasso que minhas lágrimas

ofereciam ao Anjo de Sodoma

 

Desenharei algum dia a cena que me alucina

e será a grande obra do acaso.

 

Os sonhos não receberão aplausos

não receberão um beijo

não receberão um abraço

IMG-20150502-WA0002